14 de abr de 2013

TURMA 602-BÚZIOS-2013-ESCOLA REGINA-1° TRIMESTRE
PRÉ-HISTÓRIA

Olá alunos sejam bem-vindos ao blog! 

Vamos juntos construir nossos saberes. Espero que a troca de experiências entre nós seja bastante proveitosa. 

Conto com vocês e espero que encontre neste espaço virtual um lugar de estudo, debate e de criação que permita um aprimoramento continuo enquanto aluno de história. 

Vamos tentar sempre responder os tópicos criados para vocês e também interagir sempre com os colegas de forma bastante cordial e educada.


O que vamos estudar no 1° trimestre:


A PRÉ- HISTÓRIA


Introdução:
 Podemos definir a pré-história como um período anterior ao aparecimento da escrita. Portanto, esse período é anterior há 4000 a.C, pois foi por volta deste ano que os sumérios desenvolveram a escrita cuneiforme. Foi uma importante fase, pois o homem conseguiu vencer as barreiras impostas pela natureza e prosseguir com o desenvolvimento da humanidade na Terra. O ser humano foi desenvolvendo, aos poucos, soluções práticas para os problemas da vida. Com isso, inventando objetos e soluções a partir das necessidades. Ao mesmo tempo foi desenvolvendo uma cultura muito importante. Esse período pode ser dividido em três fases: Paleolítico, Mesolítico e Neolítico.



Paleolítico ou Idade da Pedra Lascada:
Nesta época, o ser humano habitava cavernas, muitas vezes tendo que disputar este tipo de habitação com animais selvagens. Quando acabavam os alimentos da região em que habitavam, as famílias tinham que migrar para outra região. Desta forma, o ser humano tinha uma vida nômade (sem habitação fixa). Vivia da caça de animais de pequeno, médio e grande porte, da pesca e da coleta de frutos e raízes. Usavam instrumentos e ferramentas feitos a partir de pedaços de ossos e pedras. Os bens de produção eram de uso e propriedade coletiva.
Nesta fase, os seres humanos se comunicavam com uma linguagem pouco desenvolvida, baseada em pouca quantidade de sons, sem a elaboração de palavras. Uma das formas de comunicação eram as pinturas rupestres. Através deste tipo dearte, o homem trocava idéias e demonstrava sentimentos e preocupações cotidianas.
Mesolítico:
Neste período intermediário, o homem conseguiu dar grandes passos rumo ao desenvolvimento e à sobrevivência de forma mais segura. O domínio do fogo foi o maior exemplo disto. Com o fogo, o ser humano pôde espantar os animais, cozinhar a carne e outros alimentos, iluminar sua habitação além de conseguir calor nos momentos de frio intenso. Outros dois grandes avanços foram o desenvolvimento da agricultura e a domesticação dos animais. Cultivando a terra e criando animais, o homem conseguiu diminuir sua dependência com relação à natureza. Com esses avanços, foi possível a sedentarização, pois a habitação fixa tornou-se uma necessidade.
Neste período pela proteção e sustento das famílias, a mulher ficou encarregada de criar os filhos e cuida

Neolítico ou Idade da Pedra Polida:
Nesta época o homem atingiu um importante grau de desenvolvimento e estabilidade. Com a sedentarização,  a criação de animais e a agricultura em pleno desenvolvimento, as comunidades puderam trilhar novos caminhos. Um avanço importante foi o desenvolvimento da metalurgia. Criando objetos de metais, tais como, lanças, ferramentas e machados, os homens puderam caçar melhor e produzir com mais qualidade e rapidez. A produção de excedentes agrícolas e sua armazenagem garantiam o alimento necessário para os momentos de seca ou inundações. Com mais alimentos, as comunidades foram crescendo e logo surgiu a necessidade de trocas com outras comunidades. Foi nesta época que ocorreu um intenso intercâmbio entre vilas 
e pequenas cidades. A divisão de trabalho, dentro destas comunidades, aumentou ainda mais, dando origem ao trabalhador especializado.
visita virtual a caverna de Lascaux
A Caverna de Lascaux se tornou notável na arqueologia, devido à grande quantidade de pinturas rupestres em seu interior. Estas pinturas ajudam a compreender, ainda que de forma limitada, a forma como nossos antepassados viviam na pré-história. Suas cenas de caça e desenhos de animais desvendam o cotidiano de uma cultura milenar, em uma fantástica visita virtual.
Caverna de Lascaux: Montignac, França. Lascaux é um complexo de cavernas, famoso pela suas pinturas rupestres. A disposição da caverna, cujas paredes estão pintadas com bovídeos, cavalos, cervos, cabras selvagens e felinos, permite pensar tratar-se de um santuário, criado há aproximadamente 17 mil anos atrás.
CLIK AQUI
http://www.lascaux.culture.fr/#/fr/00.xml


Escolha uma das imagens e comente:

                                                                                1-
2


3

                                                                                 4

                                                                                5

ATIVIDADES SOBRE A PRÉ-HISTÓRIA
Cada aluno escolheu um período da pré-história para ilustrar.







A MESOPOTÂMIA



A Mesopotâmia era uma região que se localizava entre os rios Tigre e Eufrates no continente asiático, onde atualmente encontra-se o Iraque.  Este fato deu origem ao seu nome, que significa “terra entre rios”. A Mesopotâmia fazia parte de uma grande região conhecida como “Crescente Fértil”, pois era a região mais fértil do mundo antigo, juntamente com Egito, Palestina, Fenícia dentre outras civilizações que se desenvolveram as margens de rios.

A região da Mesopotâmia era dividia em Alta Mesopotâmia ao norte e Baixa Mesopotâmia ao Sul. A Alta Mesopotâmia era uma região com poucos recursos, por isso, os povos que habitavam esta região tinham como principal atividade o saque de mercadorias. A região da Baixa Mesopotâmia ao sul possuíam muitos recursos, o que facilitou o desenvolvimento da agricultura, a principal atividade desta região.
Varias civilizações surgiram na Mesopotâmia, como os Sumérios, Acádios, Babilônios, Caldeus, que possuíam algumas características semelhantes, entretanto, a região era freqüentemente palco de varias invasões e guerras.
A principal atividade econômica dos povos da Mesopotâmia era a agricultura, sendo os principais produtos o trigo, cevada, centeio, gergelim. A pecuária também era praticada na criação de bois, cavalos, porcos, carneiros. Outras atividades como o artesanato, pesca, caça, comercio, também eram realizados.
A religião na Mesopotâmia era politeísta, ou seja, acreditavam em vários deuses, o Rei alem de chefe absoluto, também era considerado o representante de Deus na terra, formando assim uma Teocracia.
As heranças culturais deixadas pelos povos da Mesopotâmia são vários, como a astronomia, matemática, arquitetura, o desenvolvimento da escrita e do primeiro código de leis, a invenção da roda, entre outras que ainda em nossos dias são utilizadas, evidenciando a grande importância da Mesopotâmia.

O que era o zigurate?

O zigurate era uma espécie de templo construído pelos assírios, babilônios e sumérios, povos da Antiga Mesopotâmia.

Esta construção tinha o formato de uma pirâmide, porém com a presença de espécies de degraus. Os zigurates possuíam de 3 a 6 andares. Eram construídos de pedra ou de tijolos cozidos ao Sol. A entrada era feita através do topo do templo, sendo que o acesso ocorria através de uma rampa espiralada, construída nas paredes externas do zigurate.

Sua função religiosa era muito importante, pois os antigos mesopotâmicos acreditavam que os zigurates serviam de morada para os deuses. Através destas construções, acreditavam que os deuses estariam mais perto da sociedade. Logo, somente os sacerdotes poderiam acessar as partes internas do zigurate. 

Curiosidades:
- A "Torre de Babel" era, na verdade, um zigurate vertical de aproximadamente 90 metros de altura. Foi construído durante o reinado do imperador babilônico Nabucodonosor II.

- Os zigurates foram criados pelos sumérios.

Escreva como um babilônico

Veja seu monograma em escrita cuneiforme,
a forma como uma antiga Babilônia poderia ter escrito isso.

Escreva como um babilônico


Veja seu monograma em escrita cuneiforme,
a forma como uma antiga Babilônia poderia ter escrito isso.

erica rodrigues alegre , seu monograma em escrita cuneiforme é 


http://www.penn.museum/cgi/cuneiform.cgi

ALFABETO:

VÍDEO SOBRE A MESOPOTÂMIA
                                       video




EGITO ANTIGO

EGITO ANTIGO from Érica Alegre


Resumo sobre o Egito Antigo from História Digital
video

PROJETO:DICIONÁRIO DE HISTÓRIA ILUSTRADO
PROJETO: DICIONÁRIO DE HISTÓRIA ILUSTRADO
Justificativa:
Este projeto foi desenvolvido pelos alunos do 6° ano e visa à elaboração de um dicionário de história ilustrado, específico do conteúdo de 6° ano.
Partindo da criação do aluno, a produção de uma ferramenta própria com o intuito de auxiliar a sua construção do conhecimento necessário para o seu estudo da disciplina de história. O dicionário permite aos alunos interiorizar as informações e transformá-las em conhecimento.
O uso do dicionário como recurso didático serve para auxiliar aos alunos no entendimento das palavras estudadas durante o ano letivo e também uma melhor aquisição da leitura e escrita, além do aumento do vocabulário e ampliação de frases e textos que muito contribuirá nos temas estudados em história.
Objetivos:
Proporcionar aos alunos a criação de uma ferramenta própria com o propósito de auxiliar em sua construção do conhecimento, necessário para o curso de história do 6° ano.
Formar alunos leitores e pesquisadores, altamente estimulados, ampliando habilidades e competências nas diversas áreas do conhecimento através de atividade voltadas para uma aprendizagem significativa e de qualidade.
Procedimentos:
Ao apresentar os conteúdos em sala de aula o professor irá selecionar palavras ou expressões dos temas trabalhados. Será pedido aos alunos que pesquisem as definições das palavras e ilustrem no dicionário individual de história. No final de cada trimestre será feita uma exposição trimestral dos dicionários dos alunos no “café com história”.
“O Café com História”:
É um café da manhã feito pelos alunos da turma 604, com intuito de apresentar os trabalhos realizados durante o trimestre. É uma forma de oportunizar uma melhor aprendizagem dos alunos envolvidos no projeto, buscando oferecer a socialização dos alunos.
A Realização do projeto deverá seguir as seguintes ações:
-Elaboração de um dicionário ilustrado de história, contendo palavras e expressões com seus respectivos significados e ilustrações.
-A cada trimestre será produzido um mural com as ilustrações e significados das palavras estudadas.
-As palavras e expressões serão apresentadas em ordem alfabética com seus respectivos significado, que foram pesquisados em dicionários de língua portuguesa e as ilustrações das palavras serão feitas pelos alunos nos seus cadernos individuais e de forma coletiva para exposição do mural do final do trimestre.
-No final do trimestre será feito um café da manhã durante a aula de história para exposição dos trabalhos feitos pelos alunos durante o trimestre.
-No “café com história”, os alunos participarão de um “QUIZ”, jogo que envolve atenção, concentração, agilidade e pesquisa. O jogo tem como finalidade formar pessoas curiosas a cerca das palavras e expressões estudadas.
Avaliação: Será realizada através da culminância trimestral no “Café com História”.



Fotos da elaboração dos dicionários





















 AGUARDE O NOSSO "CAFÉ COM HISTÓRIA"-(13-06-2013)
SOCIALIZAR PARA CONVIVER







































 JUSTIFICATIVA
Este projeto visa estabelecer um plano de ação, para o desenvolvimento de atitudes/comportamentos de socialização e convivência entre os envolvidos no processo educativo, de modo especial, nas relações estabelecidas entre educando/educando e educandos/educador.
Para isso é importante criar condições favoráveis ao desenvolvimento de atividades diferenciadas e situações problemas envolvendo determinados valores humanos, entre eles cooperação e respeito.
Tal iniciativa tem por objetivo resgatar no ambiente escolar, principalmente no contexto de sala de aula, a cooperação mútua, o respeito às individualidades entre outros; entendendo ser esses valores, fundamentais para uma boa convivência e para um trabalho educativo eficiente, eficaz e de melhor qualidade.
Nessa perspectiva as atividades propostas no presente projeto, objetivam além dos valores já especificados,possibilidades de participação dos educandos e uma intervenção sistemática dos educadores, de forma planejada tendo como ponto de partida e de chegada, o desenvolvimento integral dos alunos.
 OBJETIVOS:
- Socializar os alunos, para uma melhor convivência.
- Conscientizar os educandos que apenas com a união é possível reconstruir o espaço onde vivem.
- Enaltecer a socialização para exercer sua cidadania.
- Reconhecer a importância do trabalho coletivo.
- Executar de maneira interativa o companheirismo.
- Desenvolver atitudes sociais, que exprimam cooperação mútua.
- Aceitar as diferenças culturais, raciais, sociais e religiosas entre outras de maneira natural.
















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails